FANDOM


Flor da Samambaia

Flor da Samambaia é um elemento das lendas do folclore brasileiro e da série animada do Sítio do Picapau Amarelo.

É a planta do centro energético da floresta próxima ao Sítio do Picapau Amarelo, sem ela a floresta morre aos poucos a partir da sua localização. A sua reposição pode renascer a floresta.[1] O Saci é o protetor desta floresta e cabe a ele protege-la a qualquer modo.[1]

HistóriaEditar

O Renascimento da FlorestaEditar

OPDF3

O Forasteiro roubando a Flor da Samambaia secretamente.

Pedrinho tenta pegar uma onça, mas encontra um fotografo, ele mostra para as crianças todas as aventuras que viveu para fotografar as plantas mais raras, o homem diz que só falta a da Flor da Samambaia, Pedrinho promete a ajuda do Saci para mostrar a flor só que ele se nega a fazer isso. Pedrinho fica deslumbrado com a possibilidade se tornar um aventureiro famoso, e então rouba a carapuça e obriga o Saci a leva-los para a flor.[1]

O homem secretamente rouba a flor da samambaia e como consequência a floresta começa a morrer aos poucos. Saci tenta pega-la de volta mas perde a carapuça, Pedrinho percebe que seu amigo está sob o controle do ladrão e continua a sua procura, assim que o encontra o menino inventa outra flor para procurar e pega a carapuça com isso o controle do Saci também. O fotografo descobre a cilada mas o Saci pega a caixa e(, de costume com travessuras, troca a flor por uma colmeia), o fotografo cai no buraco e se encrenca. O Saci e o Pedrinho renascem a floresta![1]

InspiraçãoEditar

O escritor e criador da franquia do Sítio do Picapau Amarelo, Monteiro Lobato, em sua obra O Sacy-Pererê: Resultado de um Inquérito, propôs aos leitores do Estadinho, suplemento do jornal O Estado de S. Paulo, do qual era colaborador, que enviassem cartas contando tudo o que soubessem ou tivessem ouvido falar sobre o mito do Saci-Pererê.[2] Incluiu um depoimento "do senhor Belmiro Aranha", da cidade de Pitangueiras (São Paulo), relatando que:

A samambaia floresce apenas uma vez por ano, na noite da Sexta-Feira Santa. Aquele que colher a flor alcançará todas as riquezas e se tornará irresistível para todas as mulheres do mundo. A samambaia, porém, é guardada pelo Saci-Pererê, que não deixa ninguém se apossar da flor.[3][2]

ApariçõesEditar

TriviaEditar

  • Carlos Drummond de Andrade, em seu poema Aos santos de junho, também faz referência a essa tradição.[2]
  • A flor também faz parte da mitologia eslava, onde: Trata-se de um ritual de fertilidade pagão. Segundo a tradição, se os ventos presentearem alguém com a sorte de uma flor de samambaia, esta pessoa conquistará amor, prosperidade e fertilidade no novo ciclo. Assim, mulheres e homens procuravam essas flores dentro de densos bosques, à meia-noite.[2]
  • Não existe na realidade, já que samambaias são vegetais que se reproduzem sem a participação de flores.[2]

ReferênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 O Protetor da Floresta
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 https://pt.wikipedia.org/wiki/Flor_de_samambaia
  3. MONTEIRO LOBATO. O Sacy-Pererê: Resultado de um Inquérito. Página 140

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.